Do jornal “Diário de Notícias” de 22 de Outubro de 2001:

Críticas à “agressão imperialista”

O Colectivo de Solidariedade com Mumia Abu-Jamal denunciou que a sua iniciativa de afixar propaganda em Lisboa a manifestar “oposição à agressão imperialista ao povo afegão” tem sido vítima de “destruição dos cartazes e de intimidações policiais”. No dia 12, quatro activistas foram identificados em Lisboa pela PSP.