Líder maoista filipino José María Sison libertado na Holanda

Um tribunal holandês ordenou a libertação do fundador do Partido Comunista das Filipinas na manhã do passado dia 13 de Setembro. O camarada Sison, de 68 anos, foi detido arbitrariamente com falsas acusações a 28 de Agosto na Holanda, país onde vivia exilado há vários anos. A sua libertação ocorre de uma forma surpreendente, quando se esperava o alargamento da sua detenção até 90 dias, decidida por outro tribunal.

Saudamos a sua libertação, lembrando que a sua luta não termina aqui porque as burguesias holandesa e filipina e os imperialistas norte-americanos voltarão à carga, não lhe perdoando ter iniciado uma justa guerra popular prolongada segundo os princípios maoistas, baseada nas massas oprimidas das Filipinas e com vista à libertação do seu povo.

17 Sep 2007

Outros artigos sobre o camarada Sison:

  • Autoridades holandesas prendem líder revolucionário filipino José María Sison - SNUMAG (3 Set 2007)
  • CoMRI: “Liberdade para José María Sison!” - CoMRI (30 Ago 2007)
  • Líder Maoista José Maria Sison Ameaçado pela "Guerra ao Terrorismo" - SNUMAG (24 Fev 2003)