Recebemos o seguinte comunicado do CMA-J:

Fim da ocupação do Iraque!
Lutar contra a guerra imperialista!

Mumia Abu-Jamal tem vindo a denunciar veementemente a recente ofensiva colonial imperialista, desencadeada sobretudo a pretexto dos ataques de 11 de Setembro. Os Estados Unidos já ocuparam e instalaram governos fantoches subservientes no Afeganistão, no Iraque e, há bem pouco tempo, no Haiti. Preparam-se para novas incursões, sobretudo no Médio Oriente, mas também noutras regiões do globo. A Rússia, aproveita a confusão, para reforçar a sua presença no Cáucaso, em particular e de uma forma sanguinária, na Chechénia. Outras potências como a França e a Grã-Bretanha, também estão activas no saque de África e da Ásia. A Espanha luta activamente pelo seu quinhão do Norte de África e da América Latina.

Em contrapartida, um crescente movimento contra a guerra, formado no decurso dos últimos anos e na sequência de um forte movimento antiglobalização, tem vindo a fortalecer-se e a ampliar-se. Por todo o mundo, jovens e menos jovens, têm-se manifestado, usando uma grande criatividade, mostrando que não querem ser cúmplices desta campanha e pretendem construir um novo mundo.

Em particular, neste grave momento de agressão imperial particularmente sanguinária, o povo do Iraque tem-se destacado por uma resistência heróica contra os invasores, e deve merecer toda a nossa solidariedade.

PARTICIPA NO DESFILE POPULAR DO 25 DE ABRIL:

DOMINGO, PELAS 15h30, DO MARQUÊS AO ROSSIO.

24 de Abril de 2004

Colectivo de Solidariedade
com Mumia Abu-Jamal
cmaj@mail.pt